Coligação Juntos Somos Coimbra foi formalmente aprovada pelo Tribunal Constitucional


Cartoon da autoria do Movimento Humor



A constituição da coligação Juntos Somos Coimbra foi formalmente aprovada pelo Tribunal Constitucional, num acórdão datado de 21 de julho, assinado pela Conselheira Mariana Canotilho, que também aprova a designação "Juntos Somos Coimbra" e o símbolo, construído a partir dos símbolos dos sete partidos que integram esta mega coligação (PSD, CDS-PP, Nós, Cidadãos!, PPM, Aliança, RiR e Volt). O Movimento Somos Coimbra, por limitação legal, não integra formalmente a coligação, surgindo os seus membros como independentes pelo Nós, Cidadãos!, mas a sua presença é bem visível logo na própria designação da coligação.


“Esta é a coligação que vai conduzir Coimbra ao caminho do desenvolvimento e da afirmação nacional e internacional”, garante José Manuel Silva, rosto da coligação e candidato à presidência da Câmara Municipal de Coimbra. “Os superiores interesses e necessidades de Coimbra congregaram a diversidade, o respeito e o entendimento de oito forças políticas que construíram a maior coligação que alguma vez se candidatou aos órgãos autárquicos do nosso concelho”, sublinha José Manuel Silva.


Esta formalização da coligação representa mais um passo, com grande significado, no caminho da afirmação da união da coligação Juntos Somos Coimbra, que muitos tentaram contestar sem sucesso. “Coimbra fica a saber que há uma força política, e só uma, unida, capaz, competente, que está preparada para melhorar o nosso concelho e recolocar Coimbra no lugar que merece”, remata José Manuel Silva.

Posts recentes

Ver tudo

#92

Boletim #92 (17 de setembro de 2021) Recusado atentado urbanístico na Quinta de Voimarães/Avenida Bissaya Barreto Recusado atentado urbanístico na Quinta de Voimarães/Avenida Bissaya Barreto porque um