PME Líder e PME Excelência: Coimbra estagnou muito longe do pódio

O Somos Coimbra entende que uma boa forma de determinar a real posição de Coimbra é ver qual o seu posicionamento no panorama nacional, usando como indicador o número de PME Líder e de PME Excelência com sede em cada concelho.

O Somos Coimbra analisou os dados dos últimos cinco anos (de 2015 a 2019) em relação ao concelho de Coimbra, em ambas as variáveis (PME Líder e PME Excelência). Conclui-se que, apesar de algumas oscilações a nível absoluto no número de empresas e na posição relativa, o concelho está em plena estagnação e longe dos lugares cimeiros. A imagem de que Coimbra é a terceira grande cidade está completamente datada. É ultrapassada por concelhos como Leiria, Sintra, Braga, Vila Nova de Gaia, Barcelos, Guimarães, Maia, Vila Nova de Famalicão, Santa Maria da Feira, Loures, Cascais, Matosinhos ou Funchal (como denotam os últimos indicadores PME Líder 2019).

Com mais de 25 anos da atual governação socialista, Coimbra tem oscilado entre as posições 13ª e 26ª, quer em PME Líder quer em PME Excelência, o que revela a sua falta de atratividade. É notório que há imensos anos que não se regista qualquer investimento produtivo relevante vindo de fora do concelho.

 

Em 2019, o concelho de Coimbra surge na 16ª posição da tabela, totalizando 113 empresas PME Líder. Concelhos como Leiria, Braga, Vila Nova de Gaia, Barcelos ou Guimarães surgem em posições muito superiores a Coimbra, tal como acontecia em 2018. 

Relativamente, ao indicador PME Excelência, o concelho de Coimbra surge, em 2019, na 13ª posição, com 35 empresas, novamente atrás de concelhos como Barcelos e Santa Maria da Feira. O ano passado, apesar de ocupar a 16ª posição da tabela, o concelho de Coimbra apresentava 36 empresas PME Excelência, o que denota que este ano perdeu uma empresa PME Excelência. 


 

Ver estudo com os dados de 2018 aqui