A história de um aeroporto em Coimbra...

A grande promessa eleitoral do Partido Socialista, que ninguém pode esquecer, de um aeroporto internacional em Cernache/Antanhol, o tal aeroporto de Coimbra, morreu desonrosamente, após mais algumas desperdiçadas dezenas de milhares de euros gastos em estudos que nada trouxeram de novo.

Afinal, os velhos e os novos estudos (disponibilizados agora pelo Movimento Somos Coimbra) mostravam e provaram o que o Somos Coimbra sempre afirmou, que a promessa era impossível e que tudo não passou de uma enorme e ensaiada mentira que visava apenas enganar vergonhosamente o povo e conquistar votos.

Propostas do Somos Coimbra: 
 

  • Propomos que se concretize de imediato a transformação do aeródromo Bissaya Barreto num aeródromo de qualidade internacional, como sempre defendemos e o que implica amplos melhoramentos e o prolongamento da pista, e que, ao menos, possa receber pequenos jactos e os Dornier 228/200, que operam nas linhas internas, agora temporariamente suspensas, e que aterram em Viseu. Seria extremamente importante para Coimbra.

  • Propomos que seja desenvolvida uma aplicação informática que, a partir da identificação de um voo para um aeroporto no território nacional, forneça a informação necessária acerca de todas as alternativas disponíveis de como chegar a Coimbra da forma mais rápida e confortável.

  • Havendo comboio de alta velocidade, defendemos uma paragem em Coimbra que dê rápido acesso aos aeroportos do Porto e de Lisboa.

  • Defendemos um aeroporto na região centro, mas com a realização de uma competente avaliação prévia de viabilidade que comprove a relação custo-benefício da sua construção e o real interesse e disponibilidade de companhias aéreas para a sua utilização e rentabilização efetivas.

  • Iremos apresentar, na próxima Assembleia Municipal, uma moção contra o aeroporto do Montijo, um inaceitável crime ambiental, que colide com aquela que devia ser a prioridade do governo para um aeroporto alternante do aeroporto de Lisboa, o aeroporto da Região Centro. Por outro lado, ao encerrar a BA6, mais difícil se tornará a utilização da BA5 para o tráfego civil.

  • Propomos que seja desenvolvido um diálogo intermunicipal para defesa comum de um aeroporto na Região Centro com a CIM de Leiria, procurando um consenso em torno de uma localização que sirva efectivamente Coimbra, Leiria e toda a Região Centro, unindo em vez de desunir.

Fica a conhecer todas as propostas do Somos Coimbra avançadas na conferência de imprensa de 14 de fevereiro de 2020 aqui:
 

 

Veja ainda os estudos existentes relativos ao aeroporto internacional de Coimbra:

 

 

 

Pode ver também vídeo do aeroporto elaborado pelo Somos Coimbra aqui: