Súmula dos resultados eleitorais da coligação Juntos Somos Coimbra




Nas eleições do passado domingo, a coligação Juntos Somos Coimbra conseguiu 43,92% dos votos para a Câmara Municipal, permitindo a eleição de 6 mandatos: José Manuel Silva, Francisco Veiga, Ana Bastos, Carlos Lopes, Ana Maria Cortez Vaz e Miguel Fonseca. Este resultado que representa uma maioria consolidada (29.349 votos pela coligação Juntos Somos Coimbra contra 21.820 votos do PS) permitiu terminar o ciclo de declínio imposto pelos últimos anos de governação socialista. O PS conseguiu apenas 32,65% dos votos, traduzidos em 4 mandatos.


Já para a Assembleia Municipal, a coligação Juntos Somos Coimbra conseguiu 40,28% do eleitorado, traduzidos em 26.916 votos. O PS teve 33% (21.312 votos), mas tem 43% da representação, mais do que o Juntos Somos Coimbra, devido à inclusão dos presidentes de junta na Assembleia Municipal, inclusão que é feita de uma forma que, no nosso entendimento, é inconstitucional, por violação do princípio da representação proporcional consagrado no Artigo 239.º, nº 2, da Constituição da República Portuguesa. Lutaremos por uma alteração da lei que corrija esta distorção.


Em relação às Assembleias de Freguesia, importa destacar a conquista da União de Freguesias (UF) de Eiras e São Paulo de Frades pela mega coligação. Luís Correia venceu com 40,55% (3.040 votos) o atual presidente socialista da UF, Fernando Abel. Na freguesia de Santo António dos Olivais, Francisco Rodeiro será o novo presidente pela mega coligação, ao ter conquistado 47,35% dos votos (9.191), ficando com a importante missão de continuar o legado de Francisco Andrade. Já Rui Soares, atual presidente da UF de Souselas e Botão e candidato pelo Juntos Somos Coimbra, conseguiu reforçar a sua maioria na Assembleia de Freguesia, ao conquistar 52,82% (1.200 votos) do eleitorado. Também João Francisco Campos, presidente da UF de Coimbra e recandidato, viu a sua votação reforçada nas últimas eleições com 50,14 % dos votos (2.922 votos). Em Assafarge e Antanhol, António Teodoro, atual presidente da UF e candidato pela coligação, mantém-se no cargo ao vencer com 49,14 % dos votos (1.264). Ainda em Santa Clara e Castelo Viegas, o cenário é idêntico. José Simão, atual presidente da Junta e recandidato, venceu ao conquistar 39,75% dos votos (1.128).